Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Ensino

Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores

Objetivos

A formação em Engenharia Electrotécnica e de Computadores é tradicionalmente uma das mais abrangentes entre as leccionadas no âmbito do Ensino Superior Universitário.

O Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores confere uma formação sólida e abrangente em áreas chave de suporte à sociedade do século XXI, que incluem a Eletrónica, Engenharia de Computadores e Tecnologias de Informação, Telecomunicações, Robótica, Energia e Sistemas.

À abrangência das áreas associa-se a existência de uma forte dinâmica em termos de evolução tecnológica apoiada numa crescente interdisciplinariedade (Eléctrónica , Engenharia de Computadores e Tecnologias de Informação, Telecomunicações, Energia e Sistemas, etc.), tornando necessária a formação de engenheiros com uma permanente capacidade de adaptação.

Os engenheiros eletrotécnicos e de computadores da NOVA combinam competências no domínio de conhecimentos científicos fundamentais com competências tecnológicas avançadas, o que possibilita a sua fácil adaptação à rápida evolução dos processos e às novas exigências do mercado. Estas competências conferem uma contínua adaptação dos profissionais aos desafios colocados pela inovação tecnológica, sendo por isso o garante de uma carreira de sucesso.

Saídas profissionais

O currículo do Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores foi concebido para proporcionar o acesso a um vasto leque de saídas profissionais. Assim, apontam-se como exemplos:

  • Empresas de automação e robótica móvel: projeto e instalação de linhas de produção fabris (por exemplo automóvel); desenvolvimento de software para controlo de qualidade de produtos; programação de controladores lógicos; programação de robots em ambiente 3D.
  • Empresas ligadas ao setor energético: aplicação de novas tecnologias na distribuição de energia (smart-grid); utilização de energias renováveis; veículos elétricos.
  • Empresas de telecomunicações: operadoras; prestadoras de serviços a operadoras; fabricantes de equipamento de telecomunicações e computação; start-ups de prestação de novos serviços/aplicações.
  • Empresas de serviços: consultoria; programação; banca/finanças.

 

Informações 

 

Coordenação 2022-2023

Coordenador : Professor João Pedro Oliveira

                           Email: meec.coordenador@fct.unl.pt

                          Atendimento: agendamento por e-mail

Coordenador Erasmus: Professor Ricardo Gonçalves

Comissão Pedagógica

A C. P.  MEEC tem como principal objectivo assegurar o relacionamento entre alunos e docentes do MEEC, relativamente a a assuntes de índole pedagógica, como sejam:

  • Elaborar o calendário dos testes e entregas de trabalhos
  • Garantir a execução de todas as decisões do Conselho Pedagógico da FCT
  • Promover a realização de experiências pedagógicas 

A C.P. MEEC do ano de 2021-2022 é constituida por: 

Comissão Científica

A C.C.  MEEC tem como funções:

  • Coordenar as actividades lectivas
  • Assegurar a coerência de orientação entre as diversas disciplinas
  • Assegurar a Calendarização para entrega de Dissertações
  • Propor a nomeação dos júris para a apreciação das dissertações 
  • Assegurar a Calendarização do Processo de atribuição de Temas de Dissertação 

A C.C. MEEC do ano de 2020-2021 é constituida por: 

Calendário

    • Semestre de Verão (2º semestre) de 2020/21 
      • 30 de novembro de 2021 - Data limite para entrega de Dissertações
    • Semestre de Inverno (1º semestre) de 2021/22

      • 15 de setembro de 2021 - (docentes) Data limite para apresentação de propostas de temas no CLIP
      • até 19 de setembro de 2021 - Candidatura a temas ( no CLIP)
      • 27 de setembro de 2021 - Data limite para Aceitação dos Alunos por parte dos Professores ( no CLIP)

     

     

      • 31 de março de 2022 - Data limite para entrega de Dissertações

Documentos